7 famosos gospel que morreram em 2017 e você nem lembrava

Famosos Mensagens


A música gospel sofreu golpes significativos em 2017, perdendo sete de seus talentos respeitados e amados. Os artistas falecidos variaram de compositores a cantores, de diretores de gravadoras a atores.

Aqui estão as sete perdas que marcaram profundamente o mundo gospel em 2017.

  1. Creuza de Oliveira: Uma das pioneiras da música gospel no Brasil, Creuza de Oliveira, famosa pela canção “Conversão do filho rebelde”, faleceu em abril de 2017 devido a complicações pulmonares. Seu impacto nas décadas de 80 e 90 foi inestimável e sua perda foi profundamente sentida.
  2. Netto Paz: Em outubro, o ex-vocalista da banda Shalom, Netto Paz, foi tragicamente assassinado quando voltava para casa com sua família. Sua morte prematura chocou a comunidade gospel e continua sendo um mistério.
  3. Tony Sabetta: Este prolífico compositor, cujas músicas foram interpretadas por artistas de sucesso como Melissa e Ozéas de Paula, faleceu em setembro de 2017 devido a um acidente vascular cerebral. Sabetta também foi diretor da Line Records, antiga gravadora do Bispo Macedo.
  4. Milton Caetano: O cantor gospel Milton Caetano foi brutalmente assassinado em abril após um assalto em Palmas, Tocantins. Ele era um militar de 33 anos e sua morte causou consternação na comunidade local e entre os líderes da igreja.
  5. Della Reese: A cantora gospel, pastora evangélica e atriz americana Della Reese faleceu em novembro. Ela era conhecida tanto por sua carreira no jazz e na música gospel quanto por seu papel na série de TV “O toque de um anjo”. Ela faleceu em sua casa na Califórnia, cercada por amor.
  6. Débora Ivanov: Em novembro, a cantora gospel Débora Ivanov, conhecida por seu talento no canto lírico, faleceu. Ivanov era uma presença constante nos Congressos dos Gideões Missionários da Última Hora e sua morte representou uma grande perda para a comunidade gospel.
  7. Juan Romero: Em julho, perdemos o talentoso Juan Romero, autor de um dos maiores sucessos da música evangélica brasileira, “Eram Cem Ovelhas”. Sua morte, aos 88 anos, repercutiu em toda a comunidade evangélica.

Cada uma dessas perdas deixou um vazio na música gospel, lembrando-nos do legado desses incríveis artistas e do impacto duradouro que tiveram na indústria e em seus ouvintes. Eles são lembrados por suas contribuições valiosas para a música e para a comunidade cristã.





Source link

Comentários