À beira da morte, perseguidor de igreja pede oração, é curado e se converte

Testemunho



Mayank Markam* era um respeitado líder de uma religião tribal em um país no sul da Ásia, não revelado por razões de segurança. 

Nascido em uma família de sacerdotes tribais, ele liderava a adoração e o sacrifício de animais em festivais religiosos.

Os moradores de sua região acreditavam que ele tinha recebido um grande poder de um deus e, por isso, seguiam suas ordens por medo.

Mayank perseguiu os aldeões cristãos devido a sua fé, chegando a expulsar alguns da comunidade.

“Se alguém falava sobre o Senhor Jesus Cristo, ele ficava muito zangado e os perseguia, os amarrando em árvores, os espancando severamente e os expulsando de suas aldeias”, disse o líder de um ministério local, em entrevista ao Christian Aid Mission.

“Ele organizou reuniões tribais e ameaçou os cristãos com espancamentos severos e excomunhão”.

Doença misteriosa

Até que a família do sacerdote foi infectada por uma doença misteriosa. Quatro membros da família, um após o outro, morreram.

Mayank também acabou infectado e passou a fazer sacrifícios de galinhas, cabras e porcos, invocando divindades tribais para ser curado. Mas nada adiantou.

“Como não houve melhora, ele pediu ajuda aos mágicos. Lhe deram ervas medicinais depois de realizar alguns rituais mágicos, mas sua condição se tornou muito grave”, contou o líder do ministério.

Em maio do ano passado, percebendo que morreria em breve, o líder pediu à família que o levasse à igreja para receber oração dos cristãos, como sua última esperança.

“Sua família recusou, dizendo que, como sacerdotes dos deuses tribais, eles não poderiam levá-lo a uma igreja cristã”, relatou o líder.

Três dias de oração

Quando Mayank estava à beira da morte, seus familiares cederam e o levaram à igreja local dos missionários.

Durante três dias, o homem permaneceu no templo e os cristãos intercederam por um milagre. Deus ouviu as orações e o sacerdote foi curado, sobrenaturalmente.

Mayank Markam reconheceu Jesus como seu Salvador e se tornou cristão. “Agora ele confessa que o Senhor Jesus Cristo é o único Deus vivo e verdadeiro”, testemunhou o líder.

E acrescentou: “Ele é um crente em Cristo, levando seu maravilhoso Evangelho a seu povo. Toda a sua família também confessou sua fé abertamente e se uniu ao rebanho do Senhor por meio do batismo e frequenta o culto regularmente”.

*Nome alterado por razões de segurança.



Source link

Comentários