É falso que chefe da ONU tenha pedido a legalização da pedofilia e dito que quem não aceitar ideologia esquerdista será excluído da sociedade

Mensagens


Boato – Um chefe da ONU afirmou que cristãos que não seguem ideologia esquerdista serão excluídos da sociedade. Ele pediu, também, a legalização da pedofilia.

  Introdução

Nos últimos tempos, o que não tem faltado na internet é mensagem falsa relacionada a uma suposta “Nova Ordem Mundial” vinda de sites negacionistas. A mais nova que tivemos acesso aponta para uma suposta fala de um “chefe da ONU”.

De acordo com a mensagem, publicada em um blog já conhecido por aqui, o tal chefe da ONU teria pedido a “legalização da pedofilia” e, ainda por cima, dito que todos que não aceitarem a “ideologia esquerdista” serão excluídos da sociedade. Leia trechos da mensagem que circula online:

Eles querem a legalização da pedofilia Chefe da ONU: cristãos que não aceitarem ideologia esquerdista serão excluídos da sociedade. As Nações Unidas alertaram os cristãos de que, se não abraçarem totalmente a legalização da pedofilia, serão excluídos da sociedade.

  Análise

A história circulou, principalmente, pelo site em questão que, por sua vez, copiou o conteúdo de sites (também sem muita confiabilidade) em inglês. Há algumas características de fake news no texto como o tom alarmista e a falta de citação de fontes confiáveis que comprovem a história (há citação de fontes, mas não confiáveis).

Além disso, não é de hoje que circulam na internet histórias falsas vindas da mesma fonte em questão. Outro dia mesmo, desmentimos a história falsa que aponta que o papa Francisco teria defendido o assassinato de alcoólatras, autistas e pessoas com deficiência. Mais recentemente, desmentimos que a filha de Joe Biden teria confirmado que foi abusada pelo pai.

Na parte da checagem, vamos verificar as seguintes informações: 1) A pessoa citada na história disse que cristãos que não aceitarem a ideologia esquerdista serão excluídos da sociedade? 2) A pessoa em questão é um “chefe da ONU”? 3) A ONU defende a tal ideologia esquerdista da “pedofilia”?

Checagem

A pessoa citada na história disse que cristãos que não aceitarem a ideologia esquerdista serão excluídos da sociedade?

Não disse. Na realidade, quem é citado na história é o perito independente da ONU Victor Madrigal. Ele não disse que cristãos que não aceitarem a “ideologia esquerdista” ou a “pedofilia” serão excluídos da sociedade. Na realidade, ele apontou (conforme mostra este link) que é preciso que se tenha liberdade religiosa (a pessoa pode escolher a religião que quiser) e também que haja respeito a pessoas LGBTQIA+. Em nenhum momento, ele se direcionou a cristãos e falou sobre exclusão da sociedade. Obviamente, ele não defendeu também a ideologia esquerdista.

Neste sentido, como a gente explica o conteúdo acusatório? Simples: um site em inglês começou criticando a fala de Victor Madrigal, outro site “aumentou um ponto” falando sobre “ideologia esquerdista” e o site brasileiro deu o “toque final” citando “pedofilia”.

A pessoa em questão é um “chefe da ONU”?

Não é. Conforme aponta a matéria da ONU News que colocamos no item anterior, Victor Madrigal é um perito independente. Ao final do texto, há a seguinte observação: “Os relatores de direitos humanos são independentes das Nações Unidas e não recebem salário pelo seu trabalho”. Ou seja: não só não é um chefe da ONU como sequer é da ONU.

A ONU defende a tal ideologia esquerdista da “pedofilia”?

Também não. Uma retórica falsa recorrente em sites do tipo é a que aponta que a esquerda ou pessoas LGBTQIA+ querem que a “pedofilia” seja implantada no mundo. A acusação, gravíssima, não só carece de provas como também não parece ter muita lógica. Ou seja: não passa de uma fake news.

Conclusão

Fake news ❌

É falso que um chefe da ONU disse que cristãos que não aderirem à pedofilia ou ideologia esquerdista serão excluídos da sociedade. A “notícia” que circula na internet é falsa e, novamente, surgiu em um site que vive espalhando desinformação.

Ps: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo siteFacebook e WhatsApp no telefone (61) 99458-8494.

(function(d, s, id) { var js, fjs = d.getElementsByTagName(s)[0]; if (d.getElementById(id)) return; js = d.createElement(s); js.id = id; js.src=”https://connect.facebook.net/pt_BR/sdk.js#xfbml=1&appId=249643311490&version=v2.3″; fjs.parentNode.insertBefore(js, fjs); }(document, ‘script’, ‘facebook-jssdk’));

Comentários