Com aval de pastores e crentes de esquerda, Lula “esquece” Israel e prioriza apoio a Venezuela

Mensagens Notícias Gospel


O governo federal, liderado pelo presidente Luis Inácio Lula (PT) dá uma guinada nas relações exteriores e começa mexendo naquilo que era totalmente contrário à vontade de seu antecessor, Jair Bolsonaro.

Com o apoio de pastores e evangélicos que o apoiaram na campanha e seu retorno ao poder, agora Lula poderá colocar em prática planos para fortalecer a ditadura da Venezuela e também o inimigo de Israel, o estado palestino.

Israel

Para começar, no último dia 10 o Ministério das Relações Exteriores removeu o general Gerson Menandro Garcia de Freitas do cargo de embaixador do Brasil em Israel e deixou o cargo vago para indicarem algum aliado do governo e que seja mais inclinado a não apoiar Israel.

A esquerda tende a defender a Palestina e deixar Israel mais de lado nos conflitos naquela região.

Venezuela

Outro passo da esquerda é reabrir a embaixada brasileira na Venezuela.

A CNN informou que um grupo chefiado pelo embaixador Flávio Macieira vai nos próximos dias a terra de Maduro para dar início aos trâmites.

Ou seja, com o PT é Israel de lado e Vezenuela por cima!





Source link

Comentários