“As crianças estão sendo doutrinadas pela indústria LGBT”, alerta famoso ex-trans

Ciência & Saúde Destaque Mensagens Mundo Gospel Sociedade


O ex-trans Oli London é um jovem que ganhou fama internacional, através das redes sociais, ao compartilhar sua história de transição e destransição de gênero, não apenas como “mulher trans”, mas também como “Barbie” e “Ken”, personagens da fabricante de bonecos Mattel.

Em sua jornada em busca de si mesmo ele chegou a fazer 32 cirurgias estéticas, até que finalmente percebeu que mudar a sua aparência não resolveria seus conflitos internos, mas sim os agravaria.

Agora, London utiliza as oportunidades que têm para alertar a sociedade sobre os perigos da ideologia de gênero. Em um dos seus comunicados mais recentes, no programa “The Bottom Line”, no último dia 14, o ex-trans disse que a indução de tratamento hormonal para crianças e adolescentes é um grave erro.

“Elas não tem nenhuma noção do que isso fará em sua vida futura”, disse ele ao se referir aos menores, argumentando que eles estão sendo vítimas do ativismo ideológico LGBT+, que não busca o debate, mas sim a imposição de uma agenda.

“Eles não discutem por que acham que deveriam fazer a transição de crianças, mas eles gritam isso na cara das pessoas. É muito perturbador”, destacou.  “As crianças estão sendo doutrinadas pela indústria LGBT”.

Vários problemas

Segundo o ex-trans Oli London, há muitos menores com problemas diversos que estão sendo orientados à transição de gênero, quando na realidade o que precisam é de cuidados de saúde mental.

“Há crianças com seis vezes mais chances de serem autistas, que estão sendo diagnosticadas com disforia de gênero”, disse ele. “Esses médicos estão prescrevendo bloqueadores de puberdade sem nem mesmo verificar a saúde mental dessas crianças, que podem estar passando por outra coisa”.

O resultado disso, conforme o GospelMais vem repercutindo nos últimos anos, é o surgimento de uma verdadeira “pandemia” de jovens arrependidos das mudanças estéticas feitas em seus corpos. São ex-trans que agora, assim como London, estão vindo a público denunciar os perigos da ideologia de gênero.

“Foram erros e agora me sinto obrigado a compartilhar publicamente os perigos de mergulhar em uma vida inteira de drogas e cirurgias por insegurança, desajuste e desconforto com a aparência física”, disse London, segundo a Fox News.

“Renasci como eu mesmo, o velho eu, aquele que se importa mais em ajudar os outros e tornar o mundo um lugar melhor, do que o vazio Oli, que era obcecado em olhar para seu próprio reflexo e se transformar em alguém que ele não era”, concluiu.

(function(d, s, id) {
var js, fjs = d.getElementsByTagName(s)[0];
if (d.getElementById(id)) return;
js = d.createElement(s); js.id = id; js.async = true;
js.src = “//connect.facebook.net/pt_BR/sdk.js#xfbml=1&version=v2.8&appId=297019197061979”;
fjs.parentNode.insertBefore(js, fjs);
}(document, ‘script’, ‘facebook-jssdk’));

Comentários