Cristã perde marido e filhos por amor a Jesus, no Irã

Mensagens


Ex-muçulmana se se torna cristã (Foto representativa)
Ex-muçulmana se se torna cristã (Foto representativa)

Deixar o islã para seguir a Jesus em um país muçulmano inclui diversas perdas como apoio da família, emprego, respeito social e até mesmo a vida. Por isso, muitos não aguentam a perseguição e retornam para a antiga fé. No entanto, outros cristãos vão até as últimas consequências por amor a Jesus.

A Revista Portas Abertas de março traz o testemunho de cristãs do Norte da África e Oriente Médio como Sahar. Ela foi expulsa de casa no Irã pelo marido e precisou deixar os dois filhos ainda pequenos porque se recusou a negar a Jesus.

“Eu clamei a Deus, perguntando por que ele me fez mãe e depois me deixou passar por isso. Eu o questionava sobre quem cuidaria do meu filho de cinco anos, quem o colocaria na cama à noite. Meu coração estava partido, como ser humano, mulher, mas principalmente como mãe”, revela.

Nessa hora de sofrimento, Sahar colocou sua confiança em Deus e percebeu que nada do que tinha perdido poderia preencher o vazio do tamanho de Jesus. “Senti naquele momento que estava fazendo a coisa certa. Eu coloquei meus filhos naquele altar, meu casamento e sabia que Deus estava no controle da situação e faria alguma coisa. Através de toda essa dor, senti sua presença.”

O marido da cristã pediu que ela voltasse para casa e a tensão entre eles ainda continuava. Mas quando Sahar foi presa por frequentar uma igreja doméstica, o muçulmano ficou muito aflito e mudou a forma como tratava a fé de sua companheira. “Meu marido estava muito preocupado comigo. Quando fui solta, sua abordagem sobre a minha fé havia mudado. Ele estava me aceitando como eu era”, completa.

Sahar e sua família mudaram para a Turquia e hoje ela discipula outras cristãs de origem muçulmana que decidiram seguir a Jesus. “Há uma tremenda pressão sobre essas meninas e mulheres. Por favor, ore para que elas recebam coragem do Espírito Santo e sabedoria de Deus para que saibam que ele as protegerá e as capacitará.”

Apoie uma cristã de origem muçulmana

Assim como Sahar, outras mulheres que decidiram seguir a Jesus em países de maioria islâmica precisam ser fortalecidas na fé para resistir à perseguição. Doe e permita que elas recebam treinamento e descubram a identidade de filhas amadas de Deus.

Fonte: Portas Abertas





Source link

Comentários