Cristãos perseguidos se recuperam dos ferimentos

Mensagens


O pastor Charles e o irmão dele foram atacados em 2022

No ano passado, o pastor Charles* e o irmão Anthony* foram severamente agredidos pelos vizinhos do vilarejo. Os cristãos foram atacados por tocar hinos cristãos durante um evento de famílias que eles estavam organizando em casa, no Sri Lanka.

O irmão de Charles ficou com ferimentos graves. A família temia que ele perdesse os movimentos das pernas e dos braços, pois teve fraturas em ambos.

Recuperação

Parceiros locais da Portas Abertas visitaram os irmãos há algumas semanas e ficaram maravilhados e gratos pelo cuidado de Deus com a família. Anthony voltou a andar. Deus tem trabalhado na vida dessa família e curado as feridas para que eles continuem o trabalho da igreja no Sri Lanka.

“Ainda não consigo fazer trabalhos pesados, mas já consigo andar e subir a escada”, diz Anthony. Ele e a família estão gratos pelo apoio em oração. O ataque aos irmãos aconteceu durante a crise de escassez de medicamentos no Sri Lanka. Mas com a graça de Deus, Anthony passou por uma cirurgia e recebeu o tratamento de que precisava.

Mesmo nos momentos mais difíceis, eles sentiram o cuidado de Deus, testemunhando a bondade do Senhor a cada passo. Por causa das ameaças de morte, parceiros da Portas Abertas instalaram câmeras de segurança nas instalações da igreja.

Segurança

Como o pastor Charles vive em uma região remota do Sri Lanka, as imagens de vídeo da rua foram consideradas evidências inválidas no tribunal, especialmente porque a comunidade, que é majoritariamente hindu, não confirmou o ataque.

Agora, com as câmeras na igreja, a família está mais segura. “Desde que as câmeras foram instaladas, os vizinhos estão com medo de fazer qualquer coisa. Eles sabem que as câmeras estão funcionando aqui. Estou com menos medo de sair agora”, conta o pastor Charles.

Por causa do ataque, o pastor Charles estava traumatizado e com dificuldade de sair de casa no ano passado. “Estou bem melhor”, ele compartilha.

“Obrigado por virem nos ver. Obrigado por nos ajudar e por orar conosco. O apoio de vocês permitiu que não nos sentíssemos sozinhos”, conclui o pastor. Agradecemos a cada parceiro que se dedicou em oração por essa família e a Deus pela resposta de cuidado e graça na vida do pastor Charles e de Anthony.

*Nomes alterados por segurança.

Comentários