Fernanda Brum critica as roupas de mulheres evangélicas

Mensagens


Cantora Fernanda Brum (Foto: Alexandre Durão/G1)
Cantora Fernanda Brum (Foto: Alexandre Durão/G1)

Uma declaração da cantora Fernanda Brum postada em suas redes sociais, criticando as roupas de algumas irmãs da igreja, reascendeu o debate sobre a questão do vestuário cristão. No vídeo, que vem dividindo opiniões, a cantora diz que as mulheres deveriam “cobrir o quadril”, principalmente se forem fazer algum tipo de atividade no púlpito.

  • “Que geração é essa que não consegue cobrir o quadril? Queria entender isso. A irmã vai tirar oferta lá na frente, vai dar aviso, sei lá, vai fazer qualquer coisa. Fazer teatro. Desculpa os meninos que estão presentes: dá para ver a lua, o céu, as estrelas, o negócio. Você não sabe se ouve o anúncio, se lê o texto, não tem condição”, reclamou a cantora.

Em março deste ano, o pastor Renato Vargens já havia gerado polêmica em seu comentário sobre esse tema, também em suas redes sociais. Na ocasião, ele criticou as mães por não orientarem suas filhas a se vestirem adequadamente para as atividades cristãs.

  • O fato é que esse assunto atinge tanto homens como mulheres e cada denominação tem uma visão particular sobre o assunto, que envolve não apenas textos bíblicos como a cultura local, o estilo de vida dos membros, a região em que se encontra a igreja, entre outras variáveis.

Contudo, a Bíblia dá uma orientação importante sobre o assunto, onde o foco é a modéstia cristã. “Da mesma forma, quero que as mulheres se vistam modestamente, com decência e discrição” (1 Timóteo 2:9-10).

Moderação e o bom-senso

A mestra em Teologia, Susanna Spencer, ressalta que a moderação e o bom-senso devem pautar as vestimentas do crente. “O ponto interessante é que modéstia no vestir vale tanto para homens quanto para mulheres e deve enfatizar a beleza que Deus nos deu. Se a modéstia é uma forma de temperança, então quem é imodesto no vestir é porque se veste sem moderação”, afirma.

Spencer cita pontos importantes sobre como o cristão deve se vestir:
– Dê às roupas apenas a importância que elas têm e não gaste nela mais dinheiro que o necessário.

– Seja temperante. Não se despreze a ponto de sua roupa cair no desleixo. Ela deve ser agradável, limpa, ordenada.

– Fundamental cuidar da intenção no vestir, evitando provocar os outros.

– O bom senso pode ajudar a tomar uma decisão moral quanto ao que vestir.

– A modéstia não é meramente evitar o pecado e a indução dos outros ao pecado: é uma contribuição para uma sociedade mais bela e decorosa, bem como um reflexo da Beleza de Deus, que merece ser honrada.

Fonte: Comunhão





Source link

Comentários