Igreja no Texas é vandalizada com símbolos satânicos; homem é preso

Destaques Mensagens


Um suspeito foi detido em El Paso, Texas, depois que uma igreja local foi invadida e vandalizada com símbolos satânicos no mês passado, causando milhares de dólares em danos.

O Departamento de Polícia de El Paso anunciou na semana passada a prisão de Isaac Jordan Soto-Olivarez, de 27 anos, pelo suposto roubo e vandalismo da Igreja Católica da Santíssima Trindade em 17 de julho.

Segundo as autoridades, Soto-Olivarez foi visto pelas câmeras de vigilância danificando vários objetos e causando um dano estimado em 4,1 mil dólares (cerca de R$ 19,9 mil). Quando os agentes chegaram ao local, observaram o interior do prédio com óleo bento derramado em diferentes áreas da igreja. Eles também observaram vários objetos em toda a igreja, incluindo cruzes que estavam de cabeça para baixo.

O número “666” foi escrito em vários objetos dentro da igreja, incluindo um rosário, um espelho e o sacrário da sala de orações, segundo o departamento de polícia.

Soto-Olivarez foi localizado e detido pela polícia de El Paso com a ajuda da Força-Tarefa de Corrupção na Fronteira do Oeste do Texas do FBI. Após sua prisão, ele foi encaminhado para o Centro de Detenção do Condado de El Paso. Ele enfrenta três acusações: um crime de roubo de um prédio, um crime de dano/destruição de um local de culto e um crime de evasão de prisão ou detenção.

Itens da igreja foram recuperados em sua residência depois que o FBI executou um mandado de busca federal.

A Diocese de El Paso divulgou recentemente uma declaração sobre o incidente, agradecendo às autoridades e pedindo orações por aqueles que trabalham na aplicação da lei e pelo suposto autor do crime.

“Somos gratos ao Departamento de Polícia de El Paso e ao Federal Bureau of Investigation por seu trabalho diligente na investigação deste incidente e agradecemos sua resposta profissional”, disse o comunicado. “Estamos gratos que o dano físico à igreja foi mínimo e foi totalmente limpo desde o incidente há quase duas semanas.”

E continuou: “A Igreja Católica da Santíssima Trindade está aberta e continua ininterrupta com os serviços normais semanais e de fim de semana”, continuou o comunicado. “Pedimos orações contínuas por aqueles que trabalham na aplicação da lei, pelo suposto perpetrador e por toda a comunidade da Santíssima Trindade”.

Como a CBN News informou em abril, um relatório atualizado do Family Research Council (FRC) mostrou um aumento nos ataques a igrejas nos Estados Unidos em comparação com os últimos anos.

Em um documento relacionado em dezembro passado, também observamos que as igrejas foram atacadas 420 vezes desde 2018.

Agora, nos primeiros três meses de 2023, foram registrados 69 atos de hostilidade. É o máximo desde que a FRC começou a rastrear os dados há seis anos.

Houve 53 incidentes de vandalismo, 10 tentativas de incêndio criminoso, três incidentes relacionados a armas de fogo e três ameaças de bomba.

Vinte e nove estados sofreram atos de hostilidade contra igrejas. A Carolina do Norte registrou o maior número de incidentes, com sete. Ohio e Tennessee tiveram cinco cada. Flórida, Missouri e Pensilvânia tiveram quatro cada. Nenhum incidente foi relatado em 21 outros estados ou no Distrito de Columbia.

Exibir Gospel / Leiliane Lopes

Comentários