Israel está paralisado de norte a sul, leste a oeste

Mensagens


Um dia de protestos gerais em cada importante cruzamento e vias em todo o Estado de Israel, tornando a vida de quem precisa ir ao trabalho, visitar alguém ou até mesmo chegar em um hospital, em um verdadeiro inferno.

Manifestantes bloquearam portas de trens, invadiram vias expressas, Tel Aviv e Jerusalém estão intransitáveis. Quem paga a conta da anarquia é o cidadão comum que precisa sobreviver ou simplesmente se locomover.

Os protestos são contra a reforma judicial que está sendo aos poucos aprovada pelos tramites legais, as votações no parlamento. Mas isso pouco importa aos políticos de esquerda. As empresas de tecnologia recomendaram aos seus funcionários para não sair de casa e trabalhar remotamente.





Source link

Comentários