Cantor Leandro Borges testemunha livramento em acidente: ‘Deus guarda!’

Música Gospel Testemunho


O cantor Leandro Borges compartilhou um testemunho de livramento em um grave acidente de trânsito. Ele e os familiares saíram ilesos, apesar dos danos materiais que deixaram o carro destruído.

O acidente não aconteceu recentemente, segundo o cantor. A colisão havia ocorrido em setembro de 2022, mas Leandro Borges decidiu que agora seria o momento de compartilhar o testemunho.

No último sábado, 22 de abril, Leandro disse que na ocasião estava voltando do aeroporto para casa ao lado dos pais e seu irmão: “Eu estava dirigindo, minha mãe estava ao meu lado no banco da frente. E no banco de trás estava meu pai e meu irmão”, recapitulou.

Segundo o relato do artista, um carro atingiu a lateral do veículo e o empurrou em direção à mureta de concreto na beira da estrada. Descontrolado, o carro do cantor saiu da pista, rodou e após uma nova colisão, dessa vez contra um poste, foi parado por uma placa.

“Os dois carros deram perda total e todos sobrevivemos. As duas pessoas do outro carro saíram apenas com um pequeno corte no dedo. Meu irmão saiu totalmente ileso”, comentou.

Contudo, Leandro Borges e seus pais ficaram presos nas ferragens: “Eu não conseguia me mexer dentro do carro, porque todo vidro da frente estava sobre mim e fiquei preso pelo painel que veio todo pra frente”.

“Devem estar todos mortos”, diziam as pessoas que passavam pelo carro, contou Leandro Borges. Apesar das dores, ele e os pais saíram sem ferimentos graves: “Saímos vivos e a primeira coisa que ouvi da polícia foi: ‘Se o seu carro não fosse cercado de aço, vocês teriam morrido logo na primeira batida’”.

O cantor afirmou que deu razão ao policial em relação aos fatos: “Concordei com ele quanto a importância da segurança do carro naquele momento, mas acrescentei: ‘Se não fosse Deus nenhum de nós estaríamos aqui’”.

A perícia concluiu que Leandro Borges só não perdeu as pernas no acidente por questão de milímetros: “Saí apenas com um corte na cabeça, meu pai com três costelas quebradas e minha mãe com hematomas e dores do impacto do corpo com o cinto de segurança e o airbag”, resumiu.

Ao final do relato, o cantor compartilhou também uma reflexão: “Quantas vezes a mão de Deus nos guarda do mal que é invisível aos nossos olhos. Às vezes, só enxergamos o milagre quando vimos os carros destruídos e nossos corpos inteiros. A Deus toda glória! Ele livra! Ele guarda! Não há outro como o nosso Deus”, encerrou.

(function(d, s, id) {
var js, fjs = d.getElementsByTagName(s)[0];
if (d.getElementById(id)) return;
js = d.createElement(s); js.id = id; js.async = true;
js.src = “//connect.facebook.net/pt_BR/sdk.js#xfbml=1&version=v2.8&appId=297019197061979”;
fjs.parentNode.insertBefore(js, fjs);
}(document, ‘script’, ‘facebook-jssdk’));



Source link

Comentários