Livro rebate a ideia de que o Cristianismo marginaliza as mulheres

Mensagens


Escritora Rebecca McLaughlin, autora do livro
Escritora Rebecca McLaughlin, autora do livro “O Jesus que as mulheres viram” (Foto: Reprodução)

Como é a presença da mulher na Bíblia? No livro “O Jesus que as mulheres viram, a autora Rebecca McLaughlin, PhD em Literatura Renascentista, se propõe a mostrar como os Evangelhos concedem protagonismo e dignidade às mulheres. A autora defende que esses quatro livros (Mateus, Marcos, Lucas e João) formam a primeira fundação dos direitos da mulher.

Ao contrário de visões que propagam que os Evangelhos seriam “textos machistas que reduzem o verdadeiro papel das mulheres no ministério de Cristo”, McLaughlin evidencia como esses livros bíblicos estão repletos de histórias em que a participação feminina se destaca.

Livro “O Jesus que as mulheres viram”, de Rebecca McLaughlin.

Dessa forma, a escritora é contrária à ideia de que o Cristianismo marginaliza o público feminino. Segundo ela, os Evangelhos dão voz às discípulas que conheceram Jesus pessoalmente e foram testemunhas oculares dos fatos importantes.

Um exemplo que pode ser encontrado na Bíblia é o de Maria Madalena, que se tornou uma mulher fiel e foi uma das primeiras a ver Jesus ressuscitado. Há ainda Débora, a profetisa e juíza, que liderou o povo na guerra contra o rei de Canaã.

Rebecca McLaughlin põe em destaque como Cristo desafiou o costume no mundo antigo, em que as mulheres eram tratadas com indiferença. Dessa forma, os registros bíblicos vão na contramão do costume vigente à época e as tornam protagonistas de acontecimentos.

O livro oferece uma combinação de história, teologia, apologética e espiritualidade cristã, para evidenciar o papel das Escrituras na valorização das mulheres e o respectivo impacto positivo na sociedade. A publicação chegou ao Brasil pela Editora Mundo Cristão com lançamento em agosto. 

Sobre a autora

Rebecca McLaughlin é PhD em Literatura Renascentista pela Universidade de Cambridge e formada em Teologia pelo Seminário Oak Hill, em Londres. É autora de diversas obras, incluindo Confronting Christianity, considerado “Livro do Ano” de 2020 pela revista Christianity Today. É casada com Bryan e mãe de Miranda, Eliza e Lucas.

Para adquirir este livro, clique no link abaixo:

Fonte: Comunhão





Source link

Comentários