Mãe e filha cristãs são torturadas na Ásia Central

Destaques Mensagens


O marido de Onara considera a fé em Jesus uma desobediência ao islã

A cristã Onara* e a filha foram obrigadas a fugir de casa porque foram torturadas por causa da fé em Jesus. Elas passaram dias trancadas em casa, sobrevivendo à base de pão duro e água.  

Onara se tornou cristã há dois anos, em um vilarejo remoto, na Ásia Central. O marido dela, Suhob*, é um muçulmano rígido e zombava da fé cristã e pressionava Onara e a filha de 18 anos, que também é cristã para forçá-las a renunciar a fé em Cristo, mas nenhuma das duas cederam.  

Trancada e amarrada 

Há aproximadamente dois meses, Onara foi diagnosticada com câncer de útero. A família não tinha recursos para pagar o tratamento, por isso, Suhob decidiu “cuidar da esposa pelo método muçulmano”.  

Ele trancou Onara durante dez dias em um quarto, a amarrou à cama e deixou que ela passasse fome. A cristã recebia apenas água. A situação foi muito estressante para ela e para a filha.  

A fuga 

Quando o período de dez dias terminou, tudo que Onara podia comer era pão duro e verduras. A saúde dela piorou muito depois do “tratamento”, mas Onara mentiu e disse ao marido que estava se sentindo melhor porque ela sabia que, caso não dissesse isso, ela seria trancada no quarto de novo.  

Ao ouvir que ela estava melhor, Suhob deixou a porta aberta e soltou as algemas da cama. Assim que o marido saiu, Onara e a filha fugiram de casa. Elas foram para a cidade, onde alguns irmãos na fé moravam. Assim que chegou, eles a levaram ao hospital onde o tratamento com remédios começou.  

 Acolhidas 

Os membros da igreja também acolheram a filha. Elas estão seguras agora, morando temporariamente na casa de uma cristã da igreja que frequentam, até que elas conseguiam um emprego e um pequeno apartamento para alugar.  

Onara ainda tem medo de que o marido a procure e que ele volte a puni-la por causa da fé em Jesus que é considerada por ele como uma desobediência. Ela também está debilitada, pois precisa continuar o tratamento médico. Ore por essas cristãs.  

Ore pelos cristãos perseguidos na Ásia Central 

O Shockwave 2023 está de volta. O movimento mobiliza jovens brasileiros para orarem pelos cristãos perseguidos. Inscreva-se e acesse materiais exclusivos para usar com o seu grupo! Assista o vídeo e saiba como participar. 

Portas Abertas

Comentários