Malafaia se manifesta sobre descriminalização do porte de drogas por decisão do STF

Mensagens


O pastor Silas Malafaia, líder da Assembleia de Deus Vitória em Cristo (ADVEC), se manifestou por meio de um vídeo contra o julgamento sobre a descriminalização do porte de drogas retomado pelo Supremo Tribunal Federal (STF).

A ação questiona o artigo 28 da Lei de Drogas que criminaliza “quem adquirir, guardar, tiver em depósito, transportar ou trouxer consigo, para consumo pessoal, drogas sem autorização ou em desacordo com determinação legal ou regulamentar”.

Após o voto favorável do ministro Alexandre de Moraes, o julgamento foi adiado com o placar 4 votos a favor da descriminalização. Moraes acompanhou os votos de Gilmar Mendes, relator da ação, Edson Fachin, Luís Roberto Barroso.

Para Malafaia, o assunto não é da competência do STF, mas sim do Congresso Nacional, que é o poder responsável por criar leis.

“Mais um absurdo do STF! Invasão de competência! Estão querendo legislar sobre a descriminalização da maconha. Não pertence a eles, pertence ao poder legislativo”, disse o pastor.

“Agora preste atenção no que o ministro Alexandre de Moraes falou. Ele diz que “a questão do uso da maconha não prejudica terceiros”. Isso deve ser brincadeira! Eu quero fazer uma pergunta a Alexandre de Moraes e seus pares: o que é que eles entendem de pessoas que usam drogas e de famílias que têm dependentes de drogas? Não sabem nada!”, continuou.

O pastor ressaltou os trabalhos feitos pelas igrejas com dependentes e seus familiares e pontuou que a maconha serve de entrada para drogas mais pesadas.

“Sabe o que vai acontecer? Vai aumentar a criminalidade. Gente roubando com faca, com revólver, com punhal, para ter dinheiro para comprar maconha. Aumento de crimes dentro de casa, aumento do poder de fogo dos traficantes. Quem vai vender maconha? O Estado que vai vender?”

Assista ao vídeo





Source link

Comentários