Marco Feliciano pede perdão após dizer que a Bíblia não é a palavra de Deus

Bíblia Mensagens Palavra de Deus


Pastor e deputado federal Marco Feliciano (Foto: Reprodução)
Pastor e deputado federal Marco Feliciano (Foto: Reprodução)

O pastor Marcos Feliciano retratou-se publicamente após uma declaração feita há um ano passar a circular na mídia e nas redes sociais. O pastor, que também é deputado, havia afirmado em uma pregação que a “Bíblia não é a palavra de Deus, mas que ela contém [a palavra de Deus]”.

A afirmação, que causou polêmica no meio evangélico, foi trazida à tona recentemente pelo perfil ‘Assembleiano de Valor’, o que levou a uma repercussão negativa para Feliciano.

No vídeo, ele continua: “Lendo esse livro tantas vezes, sabe o que eu percebi? Não se escandalize. O ser que menos fala na Bíblia é Deus. A Bíblia ela não é a palavra de Deus, ela contém a palavra de Deus. As pessoas que mais falam aqui são homens, homens inspirados por ele. Você se tiver coragem de fazer o que eu fiz, pegue um caderno e vá mapeando as coisas que Deus falou e você vai chegar a uma conclusão, Deus é quem menos fala na Bíblia”.

Em resposta, o pastor gravou um vídeo, reconhecendo seu erro e pedindo desculpas à comunidade evangélica. Ele reiterou sua crença em que “toda a escritura é divinamente inspirada”, conforme citado em 2 Timóteo 3:16, e se desculpou por qualquer confusão que suas palavras anteriores possam ter causado.

“Meus irmãos, a paz do senhor. Alguns amigos muito queridos me enviaram recorte de um vídeo de alguns segundos onde eu me expressei muito mal. Acabei tentando construir um pensamento durante uma pregação e errei. Eu até pensei que era uma montagem quando eu assisti o vídeo. Mas não era não. Era eu mesmo ano atrás num culto tentando explicar sobre Deus falar em primeira pessoa na Bíblia… Pior, gente. Falei e nem percebi… Isso foi há um ano atrás. Quem fala todos os dias como eu não está livre de deslizes e quem desliza tem que se desculpar. Por isso eu peço desculpas.”

Ele também criticou a maneira como o site Assembleianos de Valor, em especial o responsável chamado Ramon, divulgou o vídeo sem antes entrar em contato com ele para obter um esclarecimento.

“Ramon, embora eu não goste da imprensa secular porque ela me persegue há anos e distorce o que eu falo… Já Assembleianos de Valor e o Ramon que tem o meu contato pessoal não fizeram. Não me deram a chance de explicar.”

Feliciano concluiu seu vídeo pedindo desculpas mais uma vez e citou a passagem bíblica de Tiago 3:2, reforçando que todos cometem erros: “Porque todos tropeçamos em muitas coisas. Se alguém não tropeça em palavra o tal é perfeito… tropecei minhas palavras e mais uma vez peço que me perdoem em nome de Jesus, ficarei mais atento do que pra frente. Compartilhe este vídeo, um abraço”.

Assista o vídeo:

Fonte: Fuxico Gospel e Portal do Trono



Source link

Comentários