Muçulmana se rende a Jesus após filho ser curado mediante oração

Destaque Mundo Gospel


Relatos de cura milagrosa são uma realidade, também, no mundo islâmico, onde Deus parece optar pela ação sobrenatural em determinados casos, a fim de salvar os perdidos. Foi isso que aconteceu com uma muçulmana, após ela ter seu filho curado como resposta de oração.

Rania vive com o esposo em um vilarejo próximo à capital do Egito, o Cairo. Seu marido, Sameh, foi o primeiro a se converter a Cristo. Apesar dos riscos, o casal buscou viver em normalidade, mantendo a fé cristã do patriarca em segredo.

Isso porque, como país de maioria muçulmana, cristãos convertidos do islamismo podem ser perseguidos e punidos no país, pois o abandono da crença islâmica é considerado uma grave violação.

Ação de Deus

Foi nessa condição que Rania viu o seu filho mais velho ficar muito doente. Com as esperanças de ver o garoto conseguir sobreviver, Sameh fez uma oração por ele, quando algo sobrenatural aconteceu.

O menino abriu os olhos e disse que havia visto o Senhor: “Eu vi Jesus na cruz, olhando para mim. Ele me chamou e disse: Filho, acorde”. O testemunho da criança acabou impactando Rania, que se rendeu à fé no Filho de Deus.

Com a família toda servindo a Deus, a então muçulmana convertida a Cristo precisou fugir com o marido e os filhos para outra cidade, a fim de escapar da perseguição. Eles optaram por viver em um local na companhia de outros cristãos, onde puderam colaborar com uma igreja doméstica, segundo informações da Portas Abertas.

Ocupando a 35° na lista mundial de perseguição religiosa, o Egito é um país que representa uma ameaça para os cristãos fiéis, com casos de intolerância recorrentes.

“Os incidentes variam entre cristãs sendo assediadas enquanto andam nas ruas e multidões iradas de muçulmanos que unem toda a vizinhança para expulsar os cristãos, cujas casas e pertences são confiscados por esses grupos”, diz a organização.

(function(d, s, id) {
var js, fjs = d.getElementsByTagName(s)[0];
if (d.getElementById(id)) return;
js = d.createElement(s); js.id = id; js.async = true;
js.src = “//connect.facebook.net/pt_BR/sdk.js#xfbml=1&version=v2.8&appId=297019197061979”;
fjs.parentNode.insertBefore(js, fjs);
}(document, ‘script’, ‘facebook-jssdk’));



Source link

Comentários