Pastor é preso em meio a tratamento médico na China

Destaques Internacional Notícias Notícias Gospel

Pastor é preso em meio a tratamento médico na China.

No dia 30 de julho, Ru Zongren, pastor da Igreja Cristã de Chengxi, foi arbitrariamente controlado pelo governo local chinês. Ele estava necessitando de diálise renal, e a polícia o algemou à cama de um hospital durante seu tratamento. De maneira desumana, ele foi detido por cinco horas durante a diálise.

De acordo com fontes da ChinaAid, as autoridades locais temiam que o Pastor Ru fizesse petições durante o 20º Congresso Nacional no ano passado. A polícia levou Ru Zongren, que estava sofrendo de uremia, e o deteve até que ele estivesse incapacitado fisicamente antes de liberá-lo.

Recentemente, devido à visita iminente do “Grupo Central de Liderança para o Trabalho de Inspeção” a Anhui, o governo local novamente deteve arbitrariamente Ru Zongren. Assim, Quando Ru Zongren precisava de hemodiálise, os funcionários do governo local o levaram ao hospital para o tratamento.

No entanto, fizeram com que ele passasse pelo procedimento enquanto ainda estava algemado à cama do hospital por quase cinco horas. A família de Ru implorou com lágrimas para que as autoridades retirassem suas algemas, mas foram ignorados.

Desse modo, Ru Zongren é natural do Condado de Lixin, na província de Anhui. Ele se converteu ao Cristianismo em uma idade jovem, e seus pais são fiéis cristãos. O Senhor o chamou para a fé em 2001, e Ru Zongren estudou teologia em 2004. Ele se formou no Seminário Teológico de Anhui, na China, em 2007.

Assim, após se formar, ele voltou a Anhui para servir em sua igreja local. No mesmo ano, ele se casou com a filha do pastor de sua igreja e teve dois filhos. Apesar das circunstâncias desafiadoras, seu zelo por espalhar o Evangelho permanece inabalável.

Nesse sentido, em maio de 2015, a igreja de Ru Zongren foi demolida à força pelo governo chinês local. Ru Zongren chamou a polícia, mas o governo local se recusou a ajudar. Para proteger a propriedade da igreja, Ru interveio, mas foi estrangulado pelos “oficiais”. O pastor entrou em choque e sofreu várias lesões.

Por fim, as agressões resultaram em falência renal aguda. Ele conta com diálise renal para sustentar sua vida, e as autoridades locais não forneceram compensação para suas despesas médicas. Ele tem sido forçado a defender seus direitos por quase uma década, e o governo frequentemente ataca esse comportamento.

Fonte

Comentários