Pastor explica por que pais não devem deixar filhos usarem roupas do sexo oposto

Mundo Gospel



Durante um episódio do podcast “Pergunte ao Pastor John”, que foi postado no site do Desiring God na segunda-feira (24), um ouvinte comentou sobre uma família de sua igreja que deixa o filho usar vestidos.

“Eles parecem deixá-lo escolher a maior parte das coisas que quer fazer”, disse Cindi ao comentar que acha isso perigoso. “Eles foram convidados a deixar uma igreja anterior por causa desse assunto. Qual seria sua abordagem para ajudar biblicamente esses pais”, perguntou.

John Piper afirmou que os pais cristãos não devem permitir que seus filhos sejam “travestidos”, especialmente dentro da igreja. Em sua resposta, primeiro citou Gênesis 1.26 onde diz que Deus criou homem e mulher. 

‘Deus não criou seres humanos genéricos’

“Deus não criou um ser humano genérico projetado para escolher seu sexo. Ele criou os machos para serem machos e as fêmeas para serem fêmeas”, ressaltou.

Logo após essa afirmação bíblica, Piper citou o casamento em Gênesis 2.24, onde homem e mulher se completam para uma vida frutífera e feliz. 

“Devemos criar meninos e meninas com a convicção de que a diferença entre eles foi projetada para este belo resultado, a união de uma só carne no casamento de um homem e uma mulher”, acrescentou ao frisar também o sexo no casamento.

“O ato da relação sexual é uma confirmação de que a maneira como Deus nos criou não é desprezível. Fazia parte de seu plano para o nosso bem, para encher a terra, para nossa alegria e nosso prazer. Meninos e meninas devem ser educados para esse resultado natural de sua sexualidade”, resumiu.

‘Onda de rebelião cultural contra Deus’

Além disso, Piper lembra que Deus especificou papéis de liderança entre homens e mulheres, apontando os homens como “chefes de família” e ressaltando também a força física masculina usada para proteger a mulher. 

Continuando, o pastor alerta que os pais não devem encorajar seus filhos a se comportarem de maneira efeminada e nem as filhas de serem masculinizadas: “Criem seus filhos na disciplina e admoestação do Senhor”. 

Depois concluiu dizendo que a igreja deve ajudar os pais a perceberem que há uma urgência sobre este assunto nos dias atuais: “Se os pais não ajudarem os filhos, correm o risco de fazer parte de uma onda de rebelião cultural contra Deus”. 

Piper lembra que “essa rebelião não é apenas destrutiva para nossos filhos, mas para o mundo em geral”. 

Sobre as atuais cirurgias para mudança de sexo e os tratamentos hormonais a que se submetem tantas crianças, jovens e adolescentes, Piper já havia se posicionado em outro podcast dizendo ser algo “pecaminoso e terrivelmente destrutivo”. 



Source link

Comentários