Pastor Márcio Valadão: líderes destacam a importância do seu ministério

Mensagens


Pastor Márcio Valadão, de joelhos, orando durante culto na Igreja Batista da Lagoinha
Pastor Márcio Valadão, de joelhos, orando durante culto na Igreja Batista da Lagoinha

Após 50 anos de ministério, o pastor Márcio Valadão, de 74 anos, anunciou, no último domingo (11), que está deixando a liderança da Igreja Batista da Lagoinha. Emocionado, mas sem entrar em detalhes quanto ao motivo da decisão, o líder religioso, que é referência no meio evangélico, afirmou saber que “tudo tem um começo, um meio e um fim”. Ao lado da esposa, Renata Valadão, ele ministrou a última Santa Ceia na sede da denominação em Belo Horizonte (MG).

Diante da novidade, alguns líderes destacaram a importância do pastor Márcio Valadão para a propagação do Evangelho no País, como também em outras partes do mundo.

“O pastor Márcio Valadão deu uma das mais significativas contribuições para o trabalho evangélico no Brasil. Não apenas por causa do seu longo e frutífero ministério à frente da Igreja Batista da Lagoinha, mas também pelas pregações que abençoaram vidas nos mais diversos arraiais. Destacou-se pela integridade com que conduziu os seus passos ao longo dos anos, tornando-se um referencial para muitos. Louvamos a Deus por sua vida, e lhe desejamos as mais ricas bênçãos dos céus”, ressalta o pastor Marcelo Aguiar, da Igreja Batista da Mata da Praia em Vitória, no Espírito Santo.

Já o pastor Uri Barros, da Assembleia de Deus – Ministério do Belém, no bairro da Lapa, em São Paulo, afirma que o “pastor Márcio Valadão é obreiro de uma geração que amava almas, desde que ele assumiu como pastor titular a Igreja Batista, no bairro da Lagoinha, em MG, na época com cerca de 300 cristãos. Nesse tempo de trabalho – 50 anos – abriu centenas de novas igrejas no Brasil e no mundo, além de criar canal de TV e fazer uso da mídia para propagação do Evangelho”. Uri ressalta ainda que o líder mineiro é um “pastor que tem seus ensinos baseados nas Sagradas Escrituras e que não precisava de muitas técnicas para juntar o povo. Que Deus levante novos ‘Valadões’, que amem vidas e apresentem o Reino com simplicidade”.

Igreja Batista da Lagoinha

A Igreja Batista da Lagoinha foi fundada em Belo Horizonte (MG), em 1957, pelo pastor José Rêgo do Nascimento. Em 1972, ela passou a ser liderada por Márcio Valadão.

De acordo com o site da igreja, o foco é promover e contribuir com o desenvolvimento pessoal e social, por meio de projetos que se destinam à ressocialização, ao atendimento jurídico gratuito, à capacitação profissional, assistência espiritual, psicológica e familiar. Esses projetos são viabilizados pelos mais de 200 ministérios que funcionam ligados à matriz. Atualmente, são mais de 700 unidades espalhadas pelo Brasil e no exterior.

Casado com a pastora Renata Valadão, Márcio Valadão tem três filhos. André Valadão, que vai assumir a presidência da Lagoinha Global no lugar do pai, atualmente é pastor da Lagoinha em Orlando, nos Estados Unidos. No país também está a segunda filha do religioso, Ana Paula Valadão, líder do grupo musical Diante do Trono. Lá, ao lado do marido, está à frente de uma igreja em Miami, também nos EUA. Já a filha caçula de Márcio, Mariana Valadão, e o marido, Felipe Valadão, lideram uma filial da Lagoinha em Niterói, no Rio de Janeiro.

Fonte: Comunhão





Source link

Comentários