Paulo Junior diz que cristãos devem reagir aos ataques à família: ‘Somos o último reduto’

Mensagens Mundo Gospel Podcast Sociedade Vídeos


O pastor Paulo Junior concedeu uma entrevista ao podcast apresentado por Rogério Vilela, Inteligência Ltda., e afirmou que os cristãos não podem subestimar o ataque ao conceito de família e precisam sair em defesa dos valores que formaram a sociedade como conhecemos.

Paulo Junior, pastor e fundador da Igreja Aliança do Calvário, em Franca (SP), enxerga que todas as iniciativas de desmoralização do conceito de família estão intimamente ligadas à formação de uma estrutura de poder hegemônica, tanto nacional quanto mundial.

“Não existe instituição mais atacada no nosso tempo do que a família. É tudo pensado. Não é um ataque a esmo, não. Quando se tem um plano de poder nacional, continental, mundial, e você quer concluir esse plano, que tenha sucesso, a última base a ser derrubada é a família. É o último reduto de poder a cair para você estabelecer o seu plano”, introduziu.

Falando de forma geral sobre mudanças de paradigma na política internacional, o pastor avançou em sua argumentação: “Nós estamos sabendo que há um movimento mundial, de governo, e uma mudança de governo onde os valores judaico-cristãos e a família tradicional têm sido ameaçados, têm sido alvo desse novo momento de todos os governos. E nesse sentido, para que eles tenham sucesso, a família é um obstáculo. Ela tem que cair”.

“Por isso tem sido atacada. É só você ver os filmes. Indústria cinematográfica. Vai ver a literatura, artes cênicas. Vai ver o entretenimento. Todos eles com um viés que mexe com a família. São ideologias disso, casamento daquilo, feminismo disso e aquilo outro, porque o bombardeio é para diluir essa unidade que ainda mantém a sociedade com os valores cristãos, morais. Os valores judaico-cristãos”, acrescentou o pastor.

Ao final, Paulo Junior exortou os cristãos a não assistirem a esse ataque passivamente: “Nós, conscientes desse ataque, temos que sair em defesa da nossa família. O Estado quer cuidar dos nossos filhos. Quer tomar decisão no lugar dos pais e das mães. Já estão trabalhando a questão do sexo. ‘Não é a biologia, a genética que define o sexo. É uma orientação que ele vai receber’. Meu Deus do céu, o que é isso? É para perverter a família”, concluiu.

Confira:

Assine o Canal

(function(d, s, id) {
var js, fjs = d.getElementsByTagName(s)[0];
if (d.getElementById(id)) return;
js = d.createElement(s); js.id = id; js.async = true;
js.src = “//connect.facebook.net/pt_BR/sdk.js#xfbml=1&version=v2.8&appId=297019197061979”;
fjs.parentNode.insertBefore(js, fjs);
}(document, ‘script’, ‘facebook-jssdk’));

Comentários