Pessoas formadas NESTAS profissões estão se DECEPCIONANDO: a sua está na lista?

Notícias


A divulgação de uma pesquisa nesta semana mostrou alguns cursos que têm os trabalhadores menos satisfeitos do mercado. Veja o ranking e seus percentuais.

Quem realizou tal pesquisa foi a The College Payoff, e a divulgação ocorreu pela Universidade de Georgetown. Dessa forma, o estudo considera mais a realidade dos norte-americanos, mas não é muito diferente da brasileira. Assim, confira a seguir os profissionais mais insatisfeitos do mercado de trabalho e se você está entre os cidadãos frustrados com suas profissões.

Pessoas formadas NESTAS profissões estão se DECEPCIONANDO: a sua está na lista?
Profissões que têm mais trabalhadores decepcionados! Crédito: @jeanedeoliveirafotografia / pronatec.pro.br

Profissões

Dito isso, os cursos de Letras e Biologia ocupam o décimo lugar, com 52% dos trabalhadores arrependidos. Em ambos os casos, o profissional tem habilitação para lecionar em disciplinas de português e biologia, ou áreas próximas que dependem da ênfase. Ainda assim, as duas áreas são extensas. Isso porque os profissionais de letras podem trabalhar com revisão de textos de jornais ou acadêmicos, além de tradução, etc. Já os biólogos podem atuar nas áreas de genética, animais, meio ambiente, entre outras.

Em oitavo lugar está o curso de ciências políticas, no qual 56% dos formados estão insatisfeitos. Os profissionais da área podem lecionar, principalmente, em universidades. Ademais, ainda são contratados por partidos de política e institutos de investigação.

Enquanto isso, a sétima colocação fica para os cursos de assistência médica, o qual não existe por aqui. Conforme a pesquisa, 58% dos trabalhadores do setor se arrependem da escolha do curso.

Marketing ocupa o sexto lugar, sendo um curso bastante amplo, mas com 69% dos trabalhadores frustrados com a sua escolha. Um profissional da área define preços, ajuda a distribuir e desenvolver produtos, bem como trabalha em área de publicidade.

Saiba mais: ChatGPT pode significar o fim de PROFISSÃO secular? Entenda!

Demais colocados

O quinto lugar fica para os profissionais de pedagogia, os quais lecionam para crianças. O percentual de insatisfeitos é de 61%.

Assim, o quarto lugar é dos profissionais de comunicações, com 64% de arrependidos. Apesar disso, é uma área ampla em que é possível trabalhar com cinema, publicidade ou em instituições de pesquisa e ensino.

Já artes e sociologia são o terceiro colocado, com 72% de índice de insatisfação. Dessa forma, os sociólogos trabalham dando aulas ou atuam em partidos, e é um ramo das ciências sociais, igual à antropologia.

Por outro lado, artistas que não querem fazer arte podem trabalhar em museus, por exemplo.

Por fim, a primeira colocação fica para profissionais de jornalismo, que são 87% insatisfeitos. Estes trabalhadores atuam em televisão, jornal, rádio, site ou assessoria de imprensa de instituições de ensino. Ademais, ainda é possível trabalhar em canais da plataforma YouTube.

Veja também: GRANDE VITÓRIA para os motoristas de aplicativo garante melhores condições de trabalho

Conclusão

Portanto, vemos que são altos os números de insatisfeitos em diversas profissões pelo mundo. Ademais, a realidade citada é a norte-americana, mas faz muito sentido que a comparemos com o Brasil. Isso porque as duas realidades são muito parecidas, fazendo com que diversos profissionais se identifiquem com os números.

Assim, cabe aos profissionais ou estudantes pensarem sobre o curso que escolhem, para evitar decepções futuras.

Saiba mais: Brasil vai aprovar semana de 4 dias de trabalho? Quando pode entrar em VIGOR?



Source link

Comentários